Home / periodontia / Gengivite: Existe algum remédio?

Gengivite: Existe algum remédio?

O que é gengivite? Como tratar a gengivite? Quanto custa o tratamento da gengivite?

1- O que é a gengivite? Quais são os sintomas?

A gengivite nada mais é do que a inflamação da gengiva. Como inflamação de um dos tecidos de suporte dos dentes, ele pode ser o primeiro sintoma da periodontite. Leia o post Periodontite: Como tratá-la?

Sangramento da gengiva e o mau hálito são as grandes  queixas de pacientes com gengivite embora estes sintomas não sejam sempre percebidos pelas próprias pessoas. O mau hálito, por exemplo provavelmente é mais notado em pacientes com gengivite do que em pacientes com as gengivas saudáveis, devido a presença elevada dos compostos voláteis de enxofre na gengiva inflamada. Leia o post Halitose: O que é e como tratá-la? 

2- Qual é a melhor forma de tratamento da gengivite?

O melhor tratamento segundo diversos estudos ainda continua sendo a remoção periódica de placa bacteriana aliada aos cuidados de saúde mantidas pelo paciente, ou seja, ir ao dentista regularmente para realização da famosa limpeza e em casa escovar os dentes , passar fio dental e escovar a língua. Todas estas medida tem como resultado evitar o famoso mau hálito. Leia o post Halitose: 10 dicas de tratamento do mau hálito.

3- Qual é o preço do tratamento da gengivite?

O tratamento da gengivite no dentista é barato, rápido e praticamente indolor. Se realizada de forma rotineira no dentista, não deixa sequelas e o paciente sai com o hálito fresco. Por outro lado, se a gengivite for largada ao seu curso natural da doença, evoluirá para uma periodontite, cujo tratamento pode facilmente chegar ao valor de um carro popular  quando se envolvem implantes dentários. Fora a dor e o tempo gasto para recuperação do tratamento.

4- Qual é a relação da evolução da gengivite com endocardite bacteriana?

A endocardite bacteriana é uma doença devastadora com alta morbidade e mortalidade. Falamos deste assunto no post Gengiva inflamada: Você pode estar com doença do coração! A ligação da endocardite e as bactérias presentes na boca já são conhecidas a décadas e é causa constante de preocupação de dentistas, pacientes e cardiologistas. Existem mais de 700 espécies de bactérias na microbiota oral e estão presentes em diferentes quantidades e locais da boca como língua, palato, bochechas, dentes e bolsas periodontais.

5- Como evito a contaminação por estas bactérias?

O tratamento efetivo das infecções periodontais é a única forma de reduzir a inflamação local e a bacteremia. A má saúde periodontal aumenta o risco de doença cardiovascular, doença pulmonar e é causa de baixo peso em recém-nascidos.

Portanto, os protocolos de prevenção de doenças bucais de longa duração reduzem o risco de desenvolver doença periodontal. Para se prevenir casos de endocardite que se originam de bactérias da boca o paciente deve se concentrar na melhoria da higiene bucal e na redução ou eliminação da gengivite, reduzindo a incidência de bacteremia após a escovação dentária e a necessidade de extração de dentes devido a doença periodontal e cárie .

Fonte:

Comentários via Facebook

Check Also

sorriso gengival

Sorriso Gengival: Top Dúvidas!

Qual é o preço de uma cirurgia de correção do sorriso gengival? O Botox ou toxina …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *