Home / endodontia / Dúvidas Sobre Tratamento De Canal: Parte II

Dúvidas Sobre Tratamento De Canal: Parte II

tratamento canal preço

Canal deixa o dente fraco? Tratar o canal escurece os dentes? Quanto tempo demora um tratamento de canal?

No primeiro post “Tratamento de canal: O que é?” falamos sobre 5 dúvidas recorrentes no consultório sobre o tratamento endodôntico. Agora, vamos para as outras 5 maiores dúvidas no consultório!

tratamento canal

 1– Dizem que tratar o canal deixa o dente fraco. Não é melhor arrancar?

Não é que o dente que recebeu tratamento de canal seja mais fraco, o que acontece é que ele fica um pouco mais frágil devido a uma perda maior de esmalte e dentina e  ao fato de ser um dente desvitalizado. Podemos dizer então, que a fragilidade do dente depende muito da quantidade de estrutura que ainda restou do dente.

Sempre que houver uma opção de tratamento para um dente, é preferível mantermos ele em nossa cavidade bucal e não extrairmos (arrancar), pois este é um tratamento mais radical e que trará conseqüências negativas tanto na questão estética, quanto funcional.


2- O dentista precisa ser especialista em endodontia para tratar o canal? Qual a diferença de um clínico geral e um especialista para tratar um canal?

Para uma pessoa receber um tratamento de canal não é obrigatório que o profissional seja especialista em endodontia, porém, é mais seguro receber o tratamento de um especialista, pois ele estará melhor preparado para as situações em que encontrar o dente.

A diferença é que o clínico geral obteve contato e conhecimento sobre endodontia apenas na graduação, enquanto que o especialista além de ter o embasamento obtido na graduação, ele também fez um curso após ter se formado (especialização), onde este terá um conhecimento mais aprofundado sobre o assunto.

3- Ouvi falar que hoje existe tratamento de canal em uma sessão. O paciente sofre menos? É melhor do que tratar em várias sessões?

Com certeza os tratamentos realizados em sessão única são melhores tanto para o paciente quanto para o profissional. As vantagens são a possibilidade de contaminação ser menor quando o dente é tratado em sessão única, o paciente sente-se mais tranqüilo em saber que aquele tratamento será finalizado rapidamente, para pacientes que tem dificuldade de estar comparecendo ao consultório em maiores períodos devido ao trabalho, estudo e outros compromissos, entre outras.

Hoje em dia, dependendo a situação em que o dente se encontra, o tratamento de canal dura apenas uma sessão. Em casos onde seja necessário mais tempo de efetividade da medicação colocada no interior do canal pode durar um tempo maior.

4- Tem gente que trata o canal e fica com o dente escurecido, amarelado. Isto é normal? O que posso fazer para clareá-lo?

Não, o tratamento de canal não amarela os dentes. Na maioria das situações o dente antes mesmo de tratado apresenta-se amarelado, é muito comum de acontecer esta pigmentação em situações onde o paciente sofreu algum trauma dentário e demorou a tratar o canal e também em casos onde o dente já esteja há muito tempo com necessidade de receber o tratamento de canal e este não foi feito, simplificando, em casos de necrose da polpa(nervo).

Existem alguns casos onde ocorre o escurecimento dos dentes após o tratamento de canal. Isto pode acontecer, por exemplo, devido ao tipo de cimento obturador utilizado no tratamento relacionado com o excesso de cimento em contato com a coroa do dente.

Não é muito comum acontecer o escurecimento dos dentes, em geral a coroa permanece com a mesma coloração após o tratamento. Caso ocorra o escurecimento podemos realizar alguns tratamentos como o clareamento interno, restaurações diretas em resina, facetas de porcelana e coroa (Leia o post “Duvidas sobre clareamento dental“).

5- Dizem que tratamento de canal é caro! Qual é o preço de um tratamento de canal?

Não é que o tratamento de canal seja caro, o que acontece é que ele possui uma diferença de valor em comparação com uma restauração por exemplo, isto ocorre por ser um tratamento na maioria das vezes, mais trabalhoso, exigindo maior tempo do profissional. O preço do tratamento de canal varia muito de profissional para profissional, alguns cobram por sessão, outros pelas características do dente, outros por número de canais, etc.

Não se deve procurar procurar um tratamento pelo preço mais baixo e sim o melhor, afinal trata-se da sua saúde! Deixar de cuidar dela não vai fazer a doença regredir ou ficar mais “em conta”! Muito pelo contrário, lembre-se que a prevenção é sempre a alternativa mais barata! Visite seu dentista com regularidade! (Veja Fotos da clínica

Se você não leu ainda, leia o post “Tratamento de Canal: O que é Doutor?

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *