Home / Implantodontia / Protocolo Sobre Implantes ou Dentadura Sobre Implantes: Top 5 Dúvidas

Protocolo Sobre Implantes ou Dentadura Sobre Implantes: Top 5 Dúvidas

dentaduras modernas
Dentaduras modernas: Muito mais segurança para mastigação!

1- O que é o protocolo sobre implantes ou dentadura sobre implantes?

O protocolo sobre implantes é um tratamento que consiste na colocação de 4 a 6 implantes na maxila ou mandíbula para fixação de uma dentadura. É um procedimento largamente realizado em todo o mundo, e serve para pacientes que perderam todos os dentes. Tem uma aceitação muito superior pelo paciente em relação a dentadura. Foi idealizado pelo médico ortopedista sueco Per-Ingvar Branemark na década de 1980.

Antes do seu falecimento (2014), o criador do implante moderno deixou 9 centros de reabilitação oral espalhados pelo mundo. Um deles localizado no Brasil, são referências em tratamento odontológico de alta complexidade para pessoas carentes. 

2- Existe algum tratamento gratuito de protocolo sobre implantes? É possível encontrar uma dentadura sobre implantes de graça?

A reabilitação com dentadura sobre implantes é um tratamentos de alta complexidade, envolve diversos profissionais de diferentes especialidades e têm alto custo financeiro.  Uma forma de tratamento gratuito, com protocolo sobre implantes, era o P-I Branemark Institute, localizado na cidade de Bauru.

Infelizmente, esta nobre instituição fechou suas portas após 10 anos de funcionamento, pois vivia de doações quase que exclusivamente do governo sueco. Com a morte do pai do implante Branemark, nenhum governante local na esfera municipal, estadual ou federal quis assumir o centro em Bauru. Para tratamentos com custos subsidiados, pode-se procurar os cursos de pós-graduação em implantes dentários. Indicamos o curso em implantes Ortopress de Pouso Alegre.

 3- Qual é a indicação para colocação de dentaduras sobre implantes?

A maior indicação deste tratamento é a segurança de retenção durante a mastigação para pacientes que não têm mais nenhum dente. Outro fator é a força mastigatória, que é muito maior com implantes do que com a dentadura convencional. Portanto, o paciente sente-se muito mais seguro para se alimentar.

Antigamente acreditava-se que era necessário um período de 6 meses de cicatrização para colocação dos implantes. Hoje, a colocação dos implantes e da dentadura sobre os implantes é imediata.

Dentre as vantagens do protocolo sobre implantes, as principais são:

  • diminuição do número intervenções cirúrgicas
  • diminuição no tempo de tratamento

Dentre as desvantagens, as principais são:

  • Aumento do risco de complicações
  • aumento do risco de infecções
  • diminuição do sucesso em pacientes sem volume ósseo


 A overdenture, é uma opção para quem não tem osso suficiente para realizar o protocolo sobre implantes. E é uma opção mais barata em relação ao protocolo sobre implantes. Ela consiste em uma dentadura apoiada sobre dois implantes somente. Para saber mais leia o post Dentaduras Modernas.

Protocolo sobre implantes: Resultado estético natural do sorriso

4- A cirurgia para colocação de uma dentadura sobre implantes é dolorida?

Não. O protocolo sobre implantes segue um protocolo cirúrgico que têm o objetivo de diminuir o inchaço e a dor pós-operatória. Portanto, se realizado por um bom profissional, não haverá complicações nem sofrimentos maiores.

5- Quanto custa uma dentadura sobre implantes?

No Brasil, temos poucos estudos de custo-efetividade, que objetivam saber se o valor gasto em novas tecnologias e tratamentos compensam financeiramente. Portanto, só temos dados de preços de estudos internacionais. Segundo um estudo canadense, um tratamento com overdenture custa em torno de $2980,00 dólares canadenses que equivalem a R$8.642,00 reais. Já uma dentadura sobre implantes, um tratamento com dentadura sobre implantes custa em torno de $13.360 francos suíços, que equivalem a R$52.125 reais, segundo estudo suíço.

Falamos sobre preços de implantes e protocolos sobre implantes também no post Implante Dentário: Quanto Custa?  

Fonte:

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *