fbpx

Nutricionista em Atibaia Dra Marisa Yu

Nutricionista em Atibaia Dra Marisa Yu

Nutricionista em Atibaia – Doutora Marisa Yu CRN 21715 / SP 💬 WhatsApp: 11 9 6863-7085 ou link whatsapp-ortociaatibaia Telefone: (11) 2427-5350

Hoje a Nutricionista especializada em Estética Dra Marisa Yu e que atende na cidade de Atibaia conversará sobre a principal demanda deste profissional em uma clínica.

1- Quais são as maiores demandas de uma Nutricionista?

Sem sombra de dúvidas, a maior dor do paciente em um consultório de Nutrição é fazer reeducação alimentar de forma a perder peso na balança.

Por outro lado, a preocupação contínua com o corpo pode levar a dietas e a outros métodos drásticos de controle de peso, bem como de procedimentos cirúrgicos.

Neste sentido, o atendimento nutricional é mais do que fornecer um padrão de dieta ou informação, representa a atuação de um efetivo modelo de reeducação alimentar, priorizando uma melhora no estilo e na qualidade de vida

2- É possível adequar o atual padrão de beleza com nutrição saudável?

Em primeiro lugar, viver com saúde e boa forma é uma das preocupações que perpassa todos os segmentos da sociedade, principalmente as mulheres.

Em segundo lugar, observa-se um crescimento da busca pela beleza e dos modelos propostos pelos segmentos da moda, de bens e serviços em torno do corpo perfeito.

Desta forma, o modelo de beleza corresponde a um corpo magro, sem considerar aspectos relacionados à saúde.

O padrão de beleza de corpo magro é veiculado a mensagens de sucesso, controle, aceitação e felicidade. Assim, mulheres acreditam que sendo magras, poderão alcançar todos os seus objetivos, sendo a perda de peso a solução para todos os seus problemas.

Entretanto, este padrão imposto como o ideal não respeita os diversos biótipos existentes e induz mulheres a se sentirem feias e a desejarem o emagrecimento.

Para isso, diversas mulheres caem na armadilha da dieta e aderem práticas inadequadas, como o uso de remédios, laxantes, jejum prolongado, excesso de atividade física, entre outros métodos sem se preocupar com os danos que podem causar a sua saúde.

Definitivamente, a alimentação humana envolve aspectos psicológicos, fisiológicos e socioculturais, se tornando um fenômeno de grande complexidade.

A comunicação dos conceitos existentes no código da alimentação e nutrição deve ser capaz de prover as condições necessárias às mudanças de comportamento no ato de comer.

Como Nutricionista defendo que uma alimentação equilibrada quantitativa e qualitativamente, aliada a uma prática esportiva, garante o trabalho metabólico normal, que conduz o indivíduo a atingir e a manter seu peso ideal ou a buscar pelo corpo idealizado.

Enfim, uma alimentação saudável e equilibrada dispensa o uso de medicamentos, de dietas milagrosas ou de cirurgias plásticas para conquistar o padrão de beleza desejado.

É comprovado que uma boa alimentação pode evitar uma série de doenças, além de trazer inúmeros benefícios a nossa saúde, e uma melhor qualidade de vida.

A educação nutricional pode promover o desenvolvimento da capacidade de compreender práticas e comportamentos, os conhecimentos ou as aptidões resultantes desse processo que contribuem para a integração do indivíduo com o meio social em que vive.

3- Como o Nutricionista consegue promover mudança nutricional no paciente?

Como nutricionistas estamos preparadas para captar o estado emocional do cliente (ansiedade, nervosismo e insatisfação) declarado verbalmente ou por meio de gestos, postura, movimento do corpo, expressões faciais, qualidade da voz e o silêncio.

Em um primeiro contato, antes de tudo, sabemos ouvir, saber aceitar, criando um ambiente favorável para a construção de estratégias que favoreçam o desenvolvimento de ações pelo cliente.

Resolvemos os problemas alimentares do paciente pois o inserimos numa busca de âmbito maior por qualidade de vida.

A reeducação ou aconselhamento nutricional é o processo pelo qual os clientes são efetivamente auxiliados a selecionar e a implementar comportamentos desejáveis de nutrição e estilo de vida.

Então, o resultado desse processo não é somente a melhora do conhecimento sobre nutrição, mas uma mudança de comportamento. A qual deve ser específica às necessidades e à situação de cada um. O conselheiro nutricional é apenas um facilitador das mudanças de comportamento.

Ele dá apoio emocional, auxilia na identificação de problemas nutricionais e estilo de vida, sugere comportamentos a serem modificados e facilita a compreensão e o controle do cliente.

Portanto, realizamos o aconselhamento dietético como uma abordagem de educação nutricional, efetuada por meio de diálogo entre o cliente e o nutricionista. Até mesmo testes de alergia há mais de 200 tipos de alimentos fazemos aqui na clínica.

O método mais utilizado por psicólogos é a terapia cognitiva comportamental (TCC), uma intervenção semiestruturada, objetiva e orientada para metas, que aborda fatores cognitivos, emocionais e comportamentais no tratamento dos transtornos de imagem.

A TCC ocupa-se da identificação e correção das condições que favorecem o desenvolvimento e a manutenção das alterações cognitivas e comportamentais que caracteriza cada caso clínico.

Nos últimos anos os casos mais comuns para a abordagem da TCC foram: os transtornos alimentares e distorção de imagem.

4- Então as famosas dietas calculadas, cardápios nutricionais ou listas de alimentos permitidos e proibidos não funcionam?

A experiência mostra que entregar listas de alimentos e dietas calculadas em detalhes não necessariamente garantem uma adesão ou motivam os clientes a mudarem seus comportamentos. Não é tão simples assim, pois as pessoas estão ligadas a seus hábitos.

A natureza humana, o querer do indivíduo e a saúde mental têm um papel significativo no processo de mudança. O cliente tem o direito e a responsabilidade de fazer as escolhas sobre seus cuidados com a saúde. O meu papel é facilitar esse processo, sempre com o objetivo de promover a melhor qualidade de vida.

Por estes motivos cada vez mais incentivo a importância das pessoas a conhecerem melhor a si mesmo e ao seu corpo e a refletirem sobre os padrões corporais em voga e a compreenderem essa relação com a sua saúde e qualidade de vida.

Fonte:

  • Juliana da Silveira Gonçalves; Zanini WittAline Petter Schneider. Nutrição Estética: valorização do corpo e da beleza através do cuidado nutricional Ciênc. saúde coletiva 16 (9) Set 2011 https://doi.org/10.1590/S1413-81232011001000027
Comentários via Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.