Home / Odontopediatria / Gestante pode ir ao dentista?

Gestante pode ir ao dentista?

gravidez cuidados

Quem é gestante pode ir ao dentista? Pode tomar anestesia? A Grávida pode tratar canal de dente? A gestante pode fazer extração de dentes? O que á a Odontologia para Gestante, Puérpera e Recém-Nascido? 

Esta é uma das fases mais importantes na vida de uma família e principalmente da mulher. Por este motivo, os cuidados que a gestante tem e deve ter são muito importantes para a saúde do bebê, pois são diversas mudanças fisiológicas e psicológicas que ela passa nesta fase. Para responder a estas e outras dúvidas convidamos, mais uma vez a Odontopediatra Dra Anelise Morbidelli, colaboradora da Clínica Ortocia. Vamos as dúvidas:

1- Gestante pode fazer tratamento odontológico?
Não só pode como deve fazer tratamento odontológico! Neste período, a gestante passa por mudanças fisiológicas e hormonais que favorecem a permeabilidade da gengiva por bactérias, que facilita o sangramento gengival. Por este motivo, o acompanhamento deve ser constante pelo profissional especializado durante toda a gravidez.
 
2- A gestante tem mais problemas de cárie e sangramento na gengiva?
Sim, mas nos dias de hoje com tanta informação e cuidados preventivos aquele mito de que por cada gravidez um dente a menos não deveria existir. No post “Gengiva inchada, gengiva inflamada: Preciso de tratamento?” falamos sobre a gengivite e as consequências que podem levar até a perda do dente. Na gestante, as mudanças hormonais mexem com a vascularização do corpo todo, inclusive da gengiva. Esta gengiva mais inchada pode resultar em uma gengivite, facilitando o sangramento da gengiva, que pode evoluir para uma periodontite e causar até perda de um ou mais dentes.
Como a grávida aumenta a ingesta de alimentos, ela deve preocupar-se com a ingestão de açúcares que estão presentes em quase todos os alimento pães, bolos, refrigerantes, feijão, arroz, frutas, etc. O aumento da ingestão de açúcar com um descuido na higienização pode resultar em dentes cariados. Soma-se a esse fator os enjoos e vômitos deixando o meio bucal mais ácido e acelerando o processo de cárie.
3- Gestante pode realizar procedimentos como Raio-X? Pode tomar anestesia?
Geralmente, o profissional tem preferência por adiar os procedimentos que necessitem de raios-x e anestesia para depois do primeiro trimestre de gravidez.
Porém, em casos de urgência ou dor de dente, o dentista pode realizar raio-x e anestesia sem problema algum para o bebê.
Por este motivo, os tratamentos preventivos podem e devem ser realizados durante toda a gravidez. Quer saber mais sobre a anestesia em gestantes no dentista? Leia no Ortodontia Para Todos o post “Grávida pode tomar anestesia? Top 5 dúvidas!
 
4- A grávida pode tratar canal de dente ou realizar extração de dentes?
A resposta é parecida com a dúvida anterior. Se existe uma urgência odontológica, não tem porque passar dor ou manter uma infecção durante a gestação, pois são fatores muito mais perigosos para saúde do bebê do que o atendimento pelo qual necessita passar.
 
5- O que é a Odontologia para Gestante, Puérpera e recém nascido? O dentista especialista em pediatria está preparado para o atendimento da gestante e do recém nascido?
É um programa de acompanhamento da futura mamãe durante o período da gestação em períodos específicos. O primeiro encontro ocorre no primeiro trimestre de gravidez no “Curso de Gestantes” da Ortocia.
Nele será discutido aspectos relacionados à importância do pré-natal, aos cuidados com a gestante e com o recém-nascido, também sobre o aleitamento materno.
Para se conseguir essa abordagem tão ampla e complexa, é necessário articular um trabalho interdisciplinar envolvendo enfermeiro, ginecologista, pediatra, psicólogo até um fisioterapeuta, caso haja necessidade.
Este programa faz com que a futura mamãe saia muito mais segura, capacitada quanto aos cuidados do futuro filho, antes mesmo do nascimento.
É necessário promover uma prática educativa que visa a participação ativa dos usuários dos serviços de saúde. Também direcionar esse trabalho de acordo com suas necessidades, crenças, representações e histórias de vida. Isso, torna-os co-produtores desse processo educativo, juntamente com os profissionais de saúde.
Fonte:
  • Gerald G Briggs, BPharm, Roger K Freeman MD, Sumner J Yaffe MD. Drugs in Pregnacy and Lactation, 6th edition: By Lippincott Williams & Wilkins Publishers. nov 2001.
  • Eduardo Dias de Andrade, Francisco Carlos Groppo, Maria Cristina Volpato, Pedro Luiz Rosalen, José Ranali Farmacologia, Anestesiologia e Terapêutica em Odontologia: Série Abeno: Odontologia Essencial – Parte Básica
Comentários via Facebook

Check Also

Pediatra Dentista: Top 10 Dúvidas Parte I

 Tratar meu filho(a) com Dentista Pediatra especialista é melhor? Com que idade devo iniciar o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *